AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS

Projeto de fomento e fortalecimento do circuito de cinema indígena no Rio Grande do Sul através da aquisição de  equipamentos audiovisuais para os coletivos Tela Indígena, Coletivo Comunicação Kuery e o Coletivo Mbya Guarani de Cinema, que são grupos que têm uma ampla e longa trajetória de produção audiovisual no Estado do Rio Grande do Sul.

O Comunicação Kuery é formado por cineastas Mbya Guarani gaúchos, que, desde 2011, produzem reportagens, vídeos e documentários sobre a realidade indígena em nosso Estado. Simultaneamente, o grupo Comunicação Kuery realiza desde 2016 o Cine Tekoá (aldeia, em Guarani), cuja intenção é divulgar e democratizar o cinema nas comunidades indígenas. O objetivo do Cine Tekoa, sendo itinerante é, justamente, reforçar a conexão entre artistas e comunidades, ou seja, a relação entre o grupo de cineastas Mbya que produzem cinema e as comunidades que lhes dão apoio e podem assistir a seus filmes.

Já o Coletivo Mbyá Guarani de Cinema começou suas atividades em 2007, quando ocorreram as primeiras oficinas de formação audiovisual do projeto Vídeo nas Aldeias na Terra Indígena Koenju, em São Miguel das Missões. Esse coletivo conta com nomes como Patrícia Ferreira, Ariel Ortega e Aldo Ferreira, diretores Mbya Guarani premiados nacional e internacionalmente por suas produções, como Bicicletas de Nhanderu e Tava, a Casa de Pedra.

O projeto tem financiamento da Lei no 14.017/2020.